quarta-feira, outubro 24, 2018

Como aumentar sua audiência sem precisar ficar horas lendo...





Por Alexandre Barreto*


Se você vasculhar a maioria dos blogs e canais sobre o tema "audiência", vai perceber que todos repetem a mesma coisa:


- "o conteúdo é que manda";

- "o principal é o conteúdo";

- "produza conteúdos relevantes".

Ao encontrar esta repetição de respostas, lá se vão aspirantes a Youtubers para frente de suas câmeras para produzir conteúdos. Depois de um tempo, começam a perceber que mesmo produzindo e subindo vídeos todos os dias para a web, não aumenta o número de curtidas nas páginas, não aumenta o número de seguidores.

Como nossos criativos resolvem este problema? Começam a fazer buscas no Google atrás de dicas arrasadoras. Após lerem as dicas arrasadoras, lá vão nossos incansáveis jovens das gerações X, Y e Z na direção de uma nova produção de vídeos. Novamente, depois de um tempo, não aumenta o número de curtidas nas páginas, não aumenta o número de seguidores. Então, o que fazer?


Aumentar a audiência é como resolver um problema


Trabalhar aumento de audiência é resolver um problema. Como se resolve um problema? Primeiro você precisa interpretar um problema, extrair dados e após você busca analisar se existe alguma fórmula para resolver este problema.


Qual é o seu problema com audiência?

Defina qual é o seu problema com audiência. Você quer aumentar sua audiência no Facebook? Quer aumentar sua audiência no Instagram? Quer aumentar sua audiência no Youtube?

Se você quiser fazer "tudo ao mesmo tempo", precisará muito mais tempo. E talvez você não disponha de todo o tempo necessário para criar, produzir, fazer disparo, responder, analisar retorno em todas as mídias que deseja.


Estabeleça um marco zero

Definida qual mídia (ou quais mídias) pretende aumentar a audiência, estabeleça o marco zero, ou seja, o ponto a partir do qual vai começar a acompanhar.

Se for começar hoje, anote. Veja um exemplo:

"tenho na data de 24/10/2018 na página do Facebook um total de 230 curtidas".

É algo simples, mas ao longo do tempo vai lhe ajudar a comparar. Você poderá ver o crescimento diário, semanal, mensal e anual.


O que você produz para as pessoas, volta para você em aprendizado

Se você seguiu métodos infalíveis sobre gatilhos mentais, frases de impacto, neurolinguística, publicidade, propaganda, etc., mas verificou que não aumentou sua audiência, pare de fazer como o aluno que não sabe resolver o problema e fica repetindo a fórmula que já tentou antes. Tente algo novo.

Experimente olhar seu trabalho no Facebook, Instagram ou Youtube não apenas como mídia.

Vasculhe todo o período de postagem, a partir do "marco zero", e verifique a reação às suas postagens. Qual post teve mais curtidas? Teve curtida de pessoas além de seus amigos? Teve compartilhamento? Teve comentário? Quantas visualizações teve o seu vídeo?

Seu trabalho no Facebook, Instagram ou Youtube é uma forma de aprender sobre as pessoas que consomem o seu conteúdo.


Hoje, quem é o seu público ou quem são os seus públicos?

Olhando as reações às suas postagens, conseguiu perceber quem é o seu público? Você pode pensar que pelo fato do seu texto, música ou filme ser similar ao de um artista famoso, que o público é o mesmo. Mas é importante fazer o que no mundo das startups chamamos de VALIDAÇÃO. Você precisa conhecer quem é o seu público. Num primeiro momento, saber faixa-etária e localização geográfica podem ajudar muito. Mas não fique só nisso. Vá além.


Quais são os interesses dos públicos que você quer atingir?

Já pensou a quantidade de interesses que um determinado público pode ter? A diversidade é muito grande. Mas avaliando o retorno em suas postagens, você poderá perceber que determinados assuntos despertam mais o interesse das pessoas. 


Agora chega de teoria

Comece a praticar.



*************************************




Leia "O Produtor Independente vai ampliar sua linha editorial"


Conheça nosso canal no YouTube


[Gostou do conteúdo? Comente para pessoas que tenham interesse no tema e divulgue no seu mailing e redes sociais. Obrigado! Se você achar que o texto não ficou claro, envie sugestões de melhorias para alebarreto@gmail.com Quero aprender com você. Cadastre-se e receba conteúdos enviando seu e-mail para alebarreto@gmail.com]


*************************************





* Alexandre Barreto é administrador pela Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (EAD/UFRGS), MBA em Gestão Cultural pela Universidade Cândido Mendes (UCAM) e Associação Brasileira de Gestão Cultural (ABGC) no Rio de Janeiro e mestrando no Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (PROFEPT). Alê é um empreendedor que dissemina conhecimentos e atua em redes para promover mudanças. Escreveu os livros Aprenda a Organizar um Show e Carreira Artística e CriativaSaiba mais

Nenhum comentário: