domingo, fevereiro 05, 2012

Cursos, seminários e palestras são momentos de encontro


Encontro de Alê Barreto com Vanessa Oliveira do Movere.me/Foto: Patrick Azevedo



Por Alê Barreto*
alebarreto@gmail.com


A ideia original deste post era apenas passar um informe sobre a campanha dos cursos que estou organizando em São Paulo. Na última hora, resolvi mudar. A intuição pediu licença para a razão e entrou em cena.

Em meus trabalhos e estudos tenho encontrado muitas pessoas. E isso é um momento muito valioso. Um bom exemplo é o da foto que abre este post. Nela estou conversando com a Vanessa Oliveira. Este encontro aconteceu porque decidi aceitar o convite dos queridos amigos



Renata Santos e Patrick Azevedo, que haviam produzido comigo os cursos "Aprenda a Organizar um Show" e "Aprenda a Produzir um Artista" ano passado em Belo Horizonte, para participar do seminário Sustentabilidade na Cultura, organizado pela turma de pós-graduação em gestão cultural da UNA.



Alê Barreto no final do curso "Aprenda a Produzir um Artista" em Belo Horizonte/Foto: Patrick Azevedo


A vontade de aprender me proporcionou conhecer em Belo Horizonte o portal Movere.me, do qual Vanessa é uma das sócias. Depois disso, já me encontrei com a Vanessa em duas ocasiões no Rio de Janeiro e nossa parceria cada vez mais evolui.

Então, mais do que somente buscar uma capacitação, convido você a participar de um momento importante, único. Cursos, seminários e palestras são momentos de encontro. São encontros que transformam nossa vida.



[Multipliquem em suas redes sociais, blogs, sites e mailings. Este blog recebeu até agora 168.381 visitas e 364.885 visualizações]





13 pessoas já estão inscritas nas próximas turmas do Produtor Cultural Independente





Estude com o Produtor Cultural Independente nos próximos cursos que estão sendo organizados em São Paulo.




1 - O que é preciso para fazer os cursos?

- Ter disponibilidade de estar na cidade de São Paulo no dia do curso escolhido
- Fazer sua inscrição


2 - Que dias serão os cursos?

O curso "Aprenda a Organizar um Show" está previsto para dia 25 de fevereiro (sábado, manhã e tarde)

O curso "Aprenda a Produzir um Artista" está previsto para dia 26 de fevereiro (domingo, manhã e tarde)


3 - Quanto é o valor de cada curso?

O valor de cada curso é R$ 180,00. Mas para quem fizer inscrições até o dia 12 de fevereiro, será concedido um desconto de 15%, o que faz com que você pague R$ 153,00.


4 - Tem pessoas interessadas?

Sim. Estes cursos foram divulgados há um ano atrás e constitui ao longo de 2011 uma lista com 140 interessados.


5 - Já tem pessoas inscritas?

Sim. Tínhamos inicialmente 3 pessoas. Hoje (5 de fevereiro) já temos 13 pessoas inscritas.


6 - As vagas são limitadas?

Sim. E não é possível fazer reserva de vagas sem a inscrição.

Importante: não vou com frequência à São Paulo. Aproveite.


7 - Como fazer a inscrição?


Clique aqui e se inscreva no curso "Aprenda a Organizar um Show" - inscrições até 12 de fevereiro

Clique aqui e se inscreva no curso "Aprenda a Produzir um Artista" - inscrições até 12 de fevereiro


Aprenda a organizar seu trabalho. Gerencie sua carreira

Ligue para (21) 7627-0690 e veja como contratar serviços de organização e planejamento de carreira, consultoria, coaching, oficinas, cursos, workshops e palestras.


********************************************************************************



* Alê Barreto é formado em Administração com Ênfase em Marketing pela Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Começou a atuar como administrador no setor cultural em 2003. Trabalhou com vários artistas independentes do RS. Em 2005 prestou serviços de produção executiva para Opus Promoções em shows nacionais (Acústico MTV Bandas Gaúchas), internacionais (Avril Lavigne, Steel Pulse) e festivais (Claro que é Rock, IBest Rock, Live n´ Louder). Em 2007 foi empresário da banda Pata de Elefante e um dos produtores executivos do disco "Um olho no fósforo, outro na fagulha", um dos melhores discos de 2008, segundo a revista Rolling Stone Brasil. Mudou-se para o Rio de Janeiro onde trabalhou entre 2008 e 2009 como gestor cultural junto a diretoria do Grupo Nós do Morro e produtor executivo de espetáculos como "Os Dois Cavalheiros de Verona" e "Machado a 3x4". Devido a sua intensa participação foi convidado a dar um depoimento sobre Nós do Morro no filme "O Rosto no Espelho" (Brasil, 2009), documentário de Renato Tapajós que investiga a relação entre os movimentos culturais de hoje e a transformação social, revelando um Brasil profundo e multicultural. Em 2009 ministrou repasse metodológico de gestão em produção cultural para grupos culturais do Acre em parceria com a Rede Acreana de Cultura e o SEBRAE. Desde de 2010 é aluno do Programa de Estudos Culturais e Sociais da Universidade Cândido Mendes, onde cursa a pós-graduação MBA em Gestão Cultural.

Em 2011 foi produtor executivo da "Missa dos Quilombos", composta em 1981 por Milton Nascimento, Pedro Tierra e Dom Pedro Casaldáliga, direção de Luiz Fernando Lobo, encenado pela Cia Ensaio Aberto no Armazém da Utopia, Cais do Porto, Rio de Janeiro. Veja fotos e trechos do espetáculo.

Escreve com frequência no blog Produtor Cultural Independente, canal de disseminação de informações (saiba mais), é autor do livro "Aprenda a Organizar um Show", colunista da revista Fazer e Vender Cultura e possui diversos textos recomendados na página de cultura e entretenimento do SEBRAE e em trabalhos de graduação e pós-graduação.

É um dos articuladores do projeto "Redes e Agentes Culturais das Favelas Cariocas", do Observatório de Favelas em parceria com a Central Única das Favelas (CUFA), Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro (SEC-RJ) e patrocínio da Petrobras, iniciativa inédita que vai formar 100 jovens, de 15 a 29 anos, em produção cultural e pesquisa social em cinco favelas do Rio (Cidade de Deus, Complexo do Alemão, Complexo da Penha, Manguinhos e Rocinha).

********************************************************************************



Alê Barreto é cliente do Itaú.

2 comentários:

Unknown disse...

Salve Alê!
É impressionante a importância do workshop como momento de aprendizado, mas é indiscutível a necessidade dos encontros para a construção de redes. Eu e Renata tivemos a grande satisfação de conhecê-lo e fazer nossa troca de experiência. Que vem surtindo e provendo frutos.
Por isto, faço questão de postar aqui no "Produtor Cultural Independente" este depoimento e reforçando o convite.

Um salve para todos os leitores do blog e um abraço ao amigo.

Patrick Azevedo.

Alexandre Barreto disse...

Patrick!
Faço minhas as suas palavras! Nosso encontro em BH também produziu muitas coisas boas, que aplico até hoje!

Estou com saudade de vocês, amigos!

Um abraço, obrigado pelo depoimento!

Alê Barreto