quarta-feira, novembro 09, 2016

Produtor Independente assistiu a conferência "Economia Criativa, Empreendedorismo e Novas Tecnologias Sociais"





Por Alê Barreto
alebarreto@gmail.com


Buscando sempre acompanhar as iniciativas que compartilham o desenvolvimento das ações da economia criativa no Brasil, Alexandre Barreto assistiu a conferência "Economia Criativa, Empreendedorismo e Novas Tecnologias Sociais" que ocorreu dia 08 de novembro, na Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).




O evento contou com a participação de Marcos André Carvalho (diretor da Incubadora Rio Criativo), Paul Heritage (diretor artístico do People’s Palace Project e professor da Queen Mary University of London) e Leonardo Brant (sócio-fundador da Brant Associados e diretor-associado da produtora Deusdará Filmes).




O encontro foi realizado pela parceria entre o Observatório de Economia Criativa do Rio Grande do Sul, o Centro de Estudos Internacionais sobre Governo (CEGOV/UFRGS), a Catavento, o Departamento de Difusão Cultural - UFRGS, a Pró Reitoria de Extensão da UFRGS e o Ministério da Cultura.



A transmissão do evento está disponível no YouTube.




Gostou do conteúdo? Comente para pessoas que tenham interesse no tema e divulgue no seu mailing e redes sociais, obrigado!


Cadastre-se para receber conteúdos enviando seu e-mail para alebarreto@gmail.com



*************************************

Acompanhe pelas redes sociais




Visite as páginas
https://www.facebook.com/ProdutorIndependente/

https://www.facebook.com/blogprodutorindependente/


Participe do nosso grupo
https://www.facebook.com/groups/140209426161752/


Acompanhe o Twitter
https://twitter.com/alebarreto



*************************************



* Para Alexandre Barreto disseminar conhecimentos e atuar em redes são boas formas de se realizar mudanças. Em 2006 formou-se em Administração de Empresas e criou o blog Produtor Cultural Independente. Compartilhou seu primeiro livro Aprenda a Organizar um Show na internet, acessado por mais de 26 mil pessoas, e mudou-se para o Rio de Janeiro, onde trabalhou com artistas, ações, projetos e com organizações da sociedade civil como Grupo Nós do Morro, Instituto Ensaio Aberto (Armazém da Utopia), Observatório de Favelas e a Orquestra de Câmara da Rocinha, das quais continua parceiro. Desde 2009 realiza também ações formativas. Seus textos, cursos, workshops e palestras têm inspirado muitas pessoas no Brasil. Concluiu o MBA em Gestão Cultural e está divulgando Carreira Artística e Criativa, seu segundo livro, é mais um fruto da relação amorosa e duradoura que tem com o universo artístico e da parceria com a Associação Brasileira de Gestão Cultural. Saiba mais

Nenhum comentário: