terça-feira, setembro 14, 2010

Assuntos que os produtores culturais independentes precisam desenvolver




Por Alê Barreto*


Existem alguns assuntos que na minha opinião merecem receber mais atenção por parte dos produtores culturais independentes. Há horas que isso está me deixando inquieto.

Percebi que não valia mais a pena ficar com isso na minha cabeça. Muitas pessoas pensando produzem muito mais. Então hoje resolvi secar o meu caderno de anotações. Copiei para cá as ideias. Não há ordem de importância. O importante é que alguém comece a produzir conteúdo sobre isso:

- produção cultural como estímulo de cadeias produtivas e desenvolvimento;
- produção cultural e sua relação com a economia da cultura;
- produção cultural e sua relação com o entretenimento;
- produção cultural e sua relação com museus e centros culturais;
- produção cultural e sua relação com a ciência da administração;
- produção cultural e sua relação com o meio ambiente;
- produção cultural e sua relação com os direitos humanos;
- produção cultural comunitária: a relação da produção cultural com as comunidades;
- produção cultural como disciplina que contribui para educação para as mídias;
- produção cultural como disciplina que contribui para educação para a diversidade cultural;
- produção cultural como disciplina que contribui para autonomia;
- produção cultural e sua relação com o exercício da cidadania;
- produção cultural como contribuição para o desenvolvimento do imaginário;
- produção cultural e sua relação com a cultura livre;
- produção cultural e sua relação com a cultura LGBT;
- produção cultural como disciplina que contribui para a ideia de acessibilidade;
- produção cultural para estímulo do estudo da filosofia;
- produção cultural para estímulo do estudo da sociologia;
- produção cultural para estímulo do estudo da antropologia.

Você também tem esta inquietude? Qual assunto de produção cultural além desses você acha importante?


*******************************************************************




* Alê Barreto é administrador, produtor cultural e autor do livro Aprenda a Organizar um Show, primeira publicação disponibilizada de forma livre e gratuita no Brasil sobre a tecnologia de produção de shows. Trabalha novos conceitos e oferece serviços diferenciados para empresas, produtores, grupos culturais e artistas. Divulga reflexões sobre seu processo de trabalho no blog Alê Barreto e valoriza encantadoras mulheres.

21-7627-0690 (Rio de Janeiro)
alebarreto@produtorindependente.com

5 comentários:

Paloma disse...

Produção cultural e sustentabilidade de negócio é um bom tema a ser discutido, não acha?

Alexandre Barreto disse...

Olá Paloma!
Muito boa sua contribuição.
Sustentabilidade é um tema ainda muito novo e acredito como você que a produção cultural tem muita relação com isso.
Muito obrigado!

Um abraço,

Alê Barreto

Zezo Maltez disse...

Olá! Eu acho que o produtor cultural também deve atentar para o seu papel de fomentador da produção de bens culturais de valor duradouro. Observo que aqui, no sul da Bahia, onde moro, a massificação do mercado de entretenimento da Bahia vem esmagando e marginalizando a cultura popular original, substituindo-a por produtos culturais "descartaveis".
Abrç.

Zezo Maltez

Alexandre Barreto disse...

Olá Zezo,
muito bem lembrado. É preciso um equilíbrio. Para mim, há espaço para inovação e tradição.
Cabe a nós o papel de mobilizar agentes culturais nessa direção.
Um abraço! Ótima contribuição!
Alê Barreto

Glamourosa disse...

Descobri seu blog hoje e estou lendo tudo o que posso. Você escreve de uma maneira tão simples que me senti num café tomando um capuccino e batendo papo...

Eu estudo relações entre a música e a paisagem sonora. Acredito que hajam relações entre o que você falou sobre "produção cultural e meio-ambiente".

Você tem algo escrito sobre estes temas? Adoraria conversar.

Um abraço!